Quem sou...

Minha foto
Professora Ms Herik Zednik
Este Blog foi criado com o intuito de estimular uma reflexão sobre a Educação. Discutiremos a educação como processo de mudança, daí o nome educere, que significa conduzir-se de um lugar ao outro ou de uma situação para outra. Neste sentido, refletiremos sobre uma educação que vem de dentro para fora e não apenas falaremos da educação formal, mas de tudo que a permeia e a ela é atribuído. Desta forma, entendemos que "tudo é uma questão de educação" e que, por isso, abordaremos notícias, campanhas, projetos, política, cidadania, ciência e tantos outros assuntos, afinal, educação é muito mais do que produzir conhecimento formal, é também ampliar horizontes, transformar atitudes, vivenciar cidadania.
Visualizar meu perfil completo


"A mais potente arma nas mãos do opressor é a mente do oprimido" - Steven Biko

"Leia! Leia não apenas as palavras, imagens e símbolos estampadas nas mais diversas mídias. Leia o mundo nas suas mais diversas formas e significados, leia as entrelinhas. Leia o tangível, o audível, o visível e quem sabe até o invisível. Leia o mundo e faça as mais diversas interrogações, afinal como diria nosso educador Paulo Freire "a leitura do mundo antecede a leitura da palavra". Nós estamos no mundo e uma parte dele está em nós através de nossas leituras."
Herik Zednik

“O fracasso do professor começa no momento que ele desiste de aprender”
Herik Zednik


"Quanto mais simples é a pessoa, mais ela sobe no meu conceito"
Herik Zednik

"Não conheço nenhum país, cidade ou município no mundo que tenha se desenvolvido sem ter investido seriamente em educação"
Herik Zednik

"Não importa quanto dinheiro tenha, quantos cargos ocupe, quanta fama possua ou poder detenha, a essência precisa ter dignidade, honestidade, generosidade e também muita humildade."
Herik Zednik

Para conhecermos os amigos é necessário passar pelo sucesso e pela desgraça. No sucesso, verificamos a quantidade e, na desgraça, a qualidade. " Confúcio

"Que ninguém se engane, só se consegue a simplicidade através de muito trabalho.." Clarice Lispector

"A educação só produz resultados em sociedades em que as pessoas podem fazer escolhas pessoais e econômicas, dando-lhes a oportunidade de serem criadoras e descobridoras." (Odemiro Fonseca em "Benefícios da liberdade")

"Educação serve pouco se as pessoas não forem livres. É só lembrar o que aconteceu nos países socialistas, onde a educação era considerada de qualidade."

"O discurso da impossibilidade da mudança para a melhora do mundo não é o discurso da constatação da impossibilidade, mas o discurso ideológico da inviabilização do possível" Paulo Freire

"A mente que se abre a uma nova idéia nunca voltará ao seu tamanho original." Albert Einstein

"Bendito, bendito é aquele que semeia livros, livros a mão cheia e manda o povo pensar; o livro caindo na alma, é germe que faz a palma, é chuva que faz o mar.". Castro Alves

Tecnologia do Blogger.

Ads 468x60px

Featured Posts

sexta-feira, 25 de setembro de 2009
Para garantir a educação como um direito efetivo, o Brasil precisa ter um Plano Nacional de Educação (PNE) com metas realistas, um centro gestor de caráter federalista e uma lei que responsabilize o Poder Executivo pelas ações nessa área.

A análise é do professor Jamil Cury, da PUC Minas, conferencista desta quinta-feira (24/9/09), na Assembleia Legislativa de Minas Gerais, durante o encontro da Região Sudeste sobre o PNE, organizado pela Câmara dos Deputados. O encontro foi aberto pela Deputada Maria do Rosário (PT/RS), presidente da CEC e pelo Deputado Odair Cunha (PT/MG), 3º secretário da Câmara dos Deputados.
O novo PNE será votado no Congresso em 2010 e estabelecerá princípios, diretrizes, prioridades, metas e estratégias para a educação no País entre 2011 e 2020. Por iniciativa da Comissão de Educação e Cultura da Câmara, estão sendo realizados encontros regionais para colher sugestões para a proposta.
Na abertura do evento na ALMG, o presidente da Comissão de Educação, Ciência, Tecnologia e Informática da ALMG, deputado Ruy Muniz (DEM), lembrou o processo participativo de construção do Plano Decenal de Minas Gerais e anunciou que até outubro a proposta será votada. Ele defendeu ainda a valorização dos profissionais da educação. Na avaliação de Cury, além de realistas e feitas a partir do diagnóstico nas bases, as metas do PNE devem ser factíveis, o que implica a disponibilidade de recursos.
Para isso, ele defende uma espécie de lei de responsabilidade para a educação, que traga conseqüências para o governo que não se comprometer com o ensino. Abordando a importância do planejamento na educação, o professor listou ainda como obstáculo a questão federativa. Como o PNE prevê que estados e municípios tenham seus próprios planos decenais, ele acredita ser necessário uma unidades gestora desses planos, não para centralizar ou verticalizar, mas para dar um caráter federativo ao ensino. “Do jeito que a educação está dividida no Brasil, não se pode cobrar quase nada. As coisas ficam ditas, mas não são feitas”, justifica.
Para o professor, o PNE é importante para evitar a dispersão de iniciativas em um País tão grande e complexo como o Brasil.
Segundo ele, o momento é de esperança porque há uma espécie de acordo entre os legislativos, os executivos e a sociedade, convocada a contribuir para um plano do qual ela é a maior destinatária. Por outro lado, ele fez um alerta sobre o fracasso de todos os outros planos nacionais de educação elaborados no Brasil desde a década de 30. “Todos fracassaram, e as causas disso devem estar na nossa lembrança”, afirmou. O retrospecto feito por Cury mostrou que os golpes de 1937 e de 1964 interromperam a implantação de planos de educação, prejudicados também pela eterna disputa entre centralizadores e descentralizadores. Por fim , o PNE vigente (2001-2010) teve um veto do presidente Fernando Henrique Cardoso justamente quanto aos recursos financeiros. “Em 1988, tínhamos 40 milhões de alunos na educação básica; em 2001, eram 50 milhões, com o mesmo volume de recursos. Nesse momento, estados e municípios se sentiram desobrigados de fazerem seus planos”, relembra Cury. Por isso, segundo ele, o atual PNE não vingou.

Fonte: 25/09/2009 - Comissão de Educação e Cultura da Câmara dos Deputados

Obrigada pela visita!!!

Redes Sociais

Hora certa

Previsão do Tempo

A Hora da e Escola

A Hora da e Escola
Toda quinta-feira, às 13h30min, na Rádio Caiçara

Blogs Indicados

Meus Vídeos

A Embriaguez do Movimento

Posts do Blog

Seguidores

Popular Posts